Malala, a menina que queria ir para a escola estreia no Imperator

malala-imperator-foto

O espetáculo narra a viagem da jornalista Adriana Carranca ao Paquistão, dias depois do atentado à vida de Malala Yousafzai por membros do Talibã, por defender o direito de meninas à educação.

Dessa experiência, Adriana Carranca publicou, em 2015, o livro-reportagem infanto-juvenil “Malala, a menina que queria ir para a escola”, que foi vencedor do Prêmio FNLIJ, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil nas categorias Escritora Revelação e Livro Informativo. A obra também foi recomendada pela FNLIJ para adoção nas escolas. Lançado em Portugal e em todos os países da América Latina, em breve o livro ganhará uma tradução para o alemão, turco e urdu.

Uma história real e comovente para inspirar pais e filhos a acreditarem no poder transformador da educação. Com trilha sonora com canções originais de Adriana Calcanhotto, direção de Renato Carrera e idealizado por Tatiana Quadros, o espetáculo promete emocionar o público do Imperator.

Serviço

Malala, a menina que queria ir para a escola

Data: 09 a 24/02 | sábados e domingos, às 15h.
Local: teatro Imperator
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Tag's